07/03/2022 às 12h15min - Atualizada em 08/03/2022 às 00h00min

Curso de Gastronomia Social transforma a vida de mulheres com foco em recomeço e independência

The Caring Family Foundation está à frente de uma parceria entre o Instituto Capim Santo e Bem Querer Mulher

SALA DA NOTÍCIA ANDRESSA PEDROSO BREGALANTI
The Caring Family Foundation (TCFF), organização do Reino Unido que inicia um ambicioso projeto de ações sociais no Brasil, anuncia uma conquista das mais impactantes. Um grupo de 20 mulheres, vítimas de violência doméstica, farão parte do primeiro curso da Fundação de Gastronomia Social no Brasil. No próximo dia 08 de março, Dia da Mulher, elas têm um encontro marcado com uma das maiores chefes de cozinha do País, Morena Leite. Objetivo: apoiá-las no próximo passo da sua jornada de recuperação, em direção a um novo momento para sua vida e dos seus filhos. 

O Curso de Gastronomia Social é uma parceria entre a The Caring Family Foundation, Insituto Capim Santo e Bem Querer Mulher (BQM). O BQM, um centro de referência em São Paulo, oferece suporte às vítimas de violência com atendimento humanizado e multidisciplinar, assistência social, psicológica, jurídica, acompanhando cada caso até a sua conclusão. Em 2020, com apoio da TCFF, BQM inaugurou CASA BEM QUERER MULHER, onde mais de mil mulheres já foram atendidas  em 2021.

A chef Morena Leite será responsável pela aula inaugural do curso, que faz parte do programa Cozinha do Amanhã, do Instituto Capim Santo, com previsão de quatro meses, carga horária de 200 horas, incluindo aulas práticas e teóricas, vídeo aulas, estágio, visita técnica e voluntariado. O Cozinha do Amanhã se baseia em três pilares: gastronomia brasileira, técnicas internacionais e cozinha sustentável. Ao final, todas receberão certificado como auxiliar de cozinha e acesso a Closeer, plataforma parceira que conecta as alunas às empresas do ramo da alimentação, como restaurantes e hotéis.

The Caring Family Foundation (TCFF) é uma instituição Britânica fundada pelo casal Patricia & Richard Caringpara apoiar crianças e suas famílias em situação de insegurança alimentar; mulheres vítimas de violência doméstica e florestas tropicais brasileiras e suas populações indígenas. Depois de produzir e distribuir mais de 1.350.000 refeições na Inglaterra e no Brasil, a Fundação planeja ações de grande impacto no Brasil e o plantio de mais um milhão de árvores na floresta tropicalnos até o final de 2023. 
Três em cada cinco mulheres brasileiras jovens já sofreram violência em seus relacionamentos. PatriciaCaring, fundadora da TCFF, é uma empreendedora social atenta a problemas sociais relacionados a mulheres, crianças e o meio ambiente. “Somos apaixonados pelo trabalho da nossa fundação e pelas parcerias que estabelecemos. O lançamento deste curso representa uma nova oportunidade para as mulheres que apoiamos e fortalecemos, em direção à reconstrução de suas vidas e um futuro melhor”, afirma Patricia. 

INSTITUTO CAPIM SANTO - Oficializado em 2012, o Instituto Capim Santo (ICS) foi fundado pela Chefe de Cozinha, Morena Leite, em 2009. Desde essa época o ICS proporciona para as pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, uma formação profissional de excelência na área da gastronomia. Além de conectar pessoas com os mesmos valores, princípios e propósitos. Utilizamos a gastronomia para transformar vidas.

BEM QUERER MULHER  - programa do Instituto para o Desenvolvimento Sustentável (Indes), surgiu em 2004, antes mesmo da promulgação da Lei Maria da Penha, tornando-se referência no trabalho de enfrentamento à violência de gênero e intrafamiliar no Brasil. O programaalia pioneirismo à capacidade de inovar diante da complexidade do tema. “No Bem Querer Mulher, temos um atendimento humanizado, integral e multidisciplinar, com assistência social, psicológica, jurídica, conexão com o sistema de justiça e encaminhamento à rede de atendimento local, com o acompanhamento de cada caso”, explica Heloisa Melillo, coordenadora Geral do Bem Querer Mulher. Em 2021, foram mais de mil mulheres atendidas. Além de acolher, o programa suporta às mulheres por uma inserção no mundo do trabalho e autonomia financeira, com cursos de formação humana e profissional, além de conexão com empresas. Em março de 2022, terá início a quinta turma de formação destas mulheres. Nas quatro edições anteriores já foram formadas 60 mulheres. O Bem Querer Mulher visita, de forma cotidiana, diferentes comunidades em São Paulo para levar informações às mulheres. Para buscar ajuda, as mulheres precisam identificar, primeiramente, que são vítimas de diferentes tipos de violência e não apenas da violência física. O trabalho de articulação comunitária é feito em parceria com organizações locais, além de centros de atendimento de saúde e assistência social. As parcerias também são estabelecidas com outras áreas, como a de segurança pública. A atuação em apoio às vítimas já é realizada pelo Bem Querer Mulher dentro de algumas Delegacias de Defesa da Mulher, contribuindo para um atendimento mais acolhedor. O programa também está dentro de empresas que têm o enfrentamento à violência como pauta. O programa é auditado pela Price Waterhouse Coopers (PWC) e tem a apresentadora Ana Maria Braga como sua embaixadora.
DEPOIMENTOS E MULHERES DO ATENDIDAS BQM
“Quando cheguei na casa me sentia no fundo do poço, debilitada, sou portadora de doença crônica e eu havia perdido tudo... dignidade, vontade de viver e foi aí que eu conheci a Casa. Participei dos cursos, das dinâmicas e foi maravilhoso porque aí pude me firmar como ser humano, como mulher... eu me fortaleci, aprendi a me valorizar em primeiro lugar, segundo, terceiro, dei uma revirada grande em minha vida. Procurei de novo o meu tratamento médico que tinha abandonado, fiz um renovo na minha vida. Hoje me sinto forte, preparada. Se não fosse o atendimento da casa, não sei o que seria de mim... me ajudou em vários processos, etapas da minha vida. Essa casa tem uma importância muito grande, porque entra mulheres em todos os sentidos, cada uma com seu problema, cada uma com sua dificuldade, e ali a gente participa das dinâmicas, cada uma expõe sua situação, coisas que não teríamos no nosso dia a dia para falar com ninguém, por que a gente se fecha no nosso mundo, a gente se tranca... e só Deus sabe o que pode acontecer com a gente. Aqui na casa tem pessoas que podem nos ouvir, pessoas que expõem sua situação e de algum modo você tira coisas para aplicar na sua vida. Quando a gente chega aqui na Casa o nosso problema se torna pequeno, porque a gente vê saída... vê solução para enfrentar o dia a dia. O acolhimento é perfeito. Se preocupam comigo e cuidam de mim. Eu só posso dizer que sou outra pessoa, fortalecida, que gosto de mim, hoje me valorizo, faço as coisas pra mim. Agora vou começar um curso de gastronomia, tenho um amor grande por cozinha, cozinhar faz parte do meu ser. Mais do que o curso, a casa oferece acolhimento e ações para o nosso bem estar. Que outras pessoas possam ter a oportunidade de ser atendida pela casa, como eu fui. Gratidão a tudo !”
 “Antes de conhecer a casa e começar a fazer os cursos eu tinha um receio muito grande de me aproximar de pessoas, de pessoas mais velhas... A Casa me ajudou a superar meus traumas. Hoje me sinto uma mulher amada em primeiro lugar, empoderada que eu nem sabia que existia essa palavra, vim aprender no curso e hoje uso essa palavra para tudo. Até com as minhas amigas, que às vezes vem me procurar triste eu faço elas levantarem a cabeça e bola pra frente né. Hoje me sinto uma mulher realizada, uma mãe dedicada, uma esposa feliz, porque antes eu não sabia o que era felicidade, me sentia afastada das pessoas, tinha receio de tudo e afastava as pessoas de mim... aquela mulher de antigamente, afastei ela de mim, já enterrei ela, está bem longe de mim, graças a Casa Bem Querer Mulher. A casa me ajudou e esta me ajudando, pois vou começar um novo curso agora e eu só tenho a agradecer por tudo que oferecem e fazem por mim.”

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://sosnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp