27/07/2022 às 20h21min - Atualizada em 28/07/2022 às 00h01min

Indústria de máquinas perde 3,7% da receita liquida de vendas

No primeiro semestre do ano, a receita do setor somou R$ 150,6 bilhões. Já as exportações cresceram 29,2% no mesmo período, totalizando R$ 5,6 bilhões.

agenciabrasil.ebc.com.br/rss/economia
https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2022-07/industria-de-maquinas-perde-37-da-receita-liquida-de-vendas

No primeiro semestre deste ano, a indústria brasileira de máquinas e equipamentos acumulou queda de 3,7% na receita líquida de vendas, na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo dados divulgados hoje (27) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), a receita líquida total do setor no semestre somou R$ 150,6 bilhões.



A receita interna somou R$ 121,2 bilhões, queda de 4,8% em relação ao mesmo período de 2021, enquanto o consumo aparente ficou em R$ 187,5 bilhões, o que representou uma queda de 7,3% na mesma comparação.



Por outro lado, as exportações cresceram 29,2% no semestre, totalizando cerca de US$ 5,6 bilhões. As importações também cresceram, com aumento de 10,7% ante o primeiro semestre do ano passado, somando US$ 11,6 bilhões.



Outro indicador que apresentou alta no período foi o de empregos. Puxado pelo aumento da produção e de vendas, principalmente aos que atendem ao mercado agrícola e de construção civil, o setor registrou aumento de 8,4% no semestre, com a indústria de máquinas e equipamentos passando a empregar um total de 395 mil pessoas.



Junho



Considerando-se apenas o mês de junho, o balanço divulgado hoje pela Abimaq revela redução nas receitas líquidas de vendas, que somaram R$ 26,8 bilhões. Houve queda tanto em relação ao mês de maio (-5,6%) quanto na relação anual (-1,8%).



As vendas ao mercado externo somaram US$ 1,03 bilhão em junho, o que representou um crescimento de 20,1% na comparação anual. No entanto, em relação a maio, houve queda de 4,9%.



Quanto às importações, após elas terem crescido quase 15% em maio, no mês de junho elas voltaram a recuar (-9,9%), atingindo US$ 1,8 bilhão. Em relação ao ano passado, houve estabilidade (0,9%).



Apesar do balanço negativo no fechamento do mês e do semestre, a associação manteve a perspectiva de crescimento para o ano. Segundo a Abimaq, o mercado doméstico deve apresentar alta de 5,8% em 2022. Para o mercado total, a expectativa é de fechar o ano com aumento de 3,8%.




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2022-07/industria-de-maquinas-perde-37-da-receita-liquida-de-vendas
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://sosnoticias.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp